quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

[ PPV ] CONVOCATÓRIA para Convenção Nacional 6 DEZ 2014 - 15h30 em Guimarães (nova data!)



PPV - Convenção Nacional  - sessão ordinária

Convocatória

nota prévia: Face a problemas surgidos na divulgação da convocatória remetida no passado dia 13 por email, houve necessidade de alterar a data da próxima sessão ordinária da Convenção Nacional. Pelos eventuais transtornos causados, pedimos desculpa. Esta sessão da Convenção Nacional do PPV reveste-se de particular importância para o futuro da causa que juntos abraçámos, pelo que se justifica uma particular ênfase no apelo à participação de todos/as. Como habitualmente, está prevista a participação via Skype.

---------- § ----------

De acordo com os números 1. e 2. do artigo 20º dos estatutos do partido Portugal pro Vida, convoco uma sessão ordinária da Convenção Nacional para o dia 6 de Dezembro de 2014, pelas 15h30*, em Guimarães** com a seguinte ordem de trabalhos:

1. Análise da actuação política do PPV ao longo do ano de 2014;
2. Votação do Plano de Actividades e orçamento para 2015;
3. Outros assuntos;
4. Votaçao e assinatura da acta.

Face à importância das decisões a tomar - que podem passar pela própria continuidade como partido político - a mesa da Convenção Nacional apela instantemente a todos os filiados do PPV no sentido de uma participação activa e, se possível, presencial.

Guimarães, 20 de Novembro de 2014
O Presidente da Mesa da Convenção Nacional,
Luís Botelho Ribeiro


* Se à hora marcada não existir quorum (metade mais um), a Convenção terá início meia hora mais tarde com qualquer número de presentes.

 ** (local concreto a divulgar proximamente no blogue http://portugalprovida.blogspot.pt )

domingo, 25 de Maio de 2014

EUROPEIAS2014 - alguns resultados PPV (provisórios)

alguns resultados (provisórios com 99,... % das freguesias apuradas)

TOP20 DE %PPV POR CONCELHOS
concelho freguesias por apurar total de freguesias inscritos votantes % votantes PPV % PPV
Vila Real 3 20 45865 15475 33.74 270 1.74
Ourém 0 13 42787 14224 33.24 152 1.07
Arouca 0 16 20787 6646 31.97 70 1.05
Santa Cruz (Madeira) 0 5 37690 13202 35.03 102 0.77
Corvo 0 1 350 134 38.29 1 0.75
Sardoal 0 4 3474 1781 51.27 13 0.73
Arruda dos Vinhos 0 4 10420 3685 35.36 26 0.71
Cascais 0 4 174003 60980 35.05 429 0.7
Porto 0 7 218246 92591 42.43 611 0.66
Oeiras 0 5 145968 60120 41.19 367 0.61
Sernancelhe 0 13 6513 2392 36.73 14 0.59
Vila Real de Santo António 0 3 16852 4470 26.53 26 0.58
Câmara de Lobos (Madeira) 0 5 32428 10733 33.1 61 0.57
Santana (Madeira) 0 6 8392 2854 34.01 16 0.56
Lisboa 0 24 503525 207943 41.3 1140 0.55
Sintra 0 11 304329 100332 32.97 553 0.55
Lamego 0 18 25700 8341 32.46 46 0.55
Funchal (Madeira) 0 10 106514 37627 35.33 206 0.55
Ribeira Brava (Madeira) 0 4 14140 4759 33.66 25 0.53
Seixal 0 4 133870 47634 35.58 248 0.52
Óbidos 0 7 10561 3343 31.65 17 0.51
Sabrosa 0 12 6867 2154 31.37 11 0.51
Lourinhã 0 8 22957 7771 33.85 39 0.5





TOP-50 DE VOTAÇÃO PPV POR CONCELHOS

concelho freguesias por apurar total de freguesias inscritos votantes PPV % PPV
Lisboa 0 24 503525 207943 1140 0.55
Porto 0 7 218246 92591 611 0.66
Sintra 0 11 304329 100332 553 0.55
Cascais 0 4 174003 60980 429 0.7
Oeiras 0 5 145968 60120 367 0.61
Vila Nova de Gaia 0 15 261855 98794 305 0.31
Vila Real 3 20 45865 15475 270 1.74
Braga 0 37 159745 59601 256 0.43
Seixal 0 4 133870 47634 248 0.52
Amadora 0 6 144517 54311 225 0.41
Guimarães 0 48 144655 56575 212 0.37
Funchal (Madeira) 0 10 106514 37627 206 0.55
Loures 0 10 165175 66730 206 0.31
Leiria 0 18 113031 39114 192 0.49
Almada 0 5 149225 55595 184 0.33
Gondomar 0 7 144345 54194 166 0.31
Barcelos 0 61 107494 42076 165 0.39
Odivelas 0 4 122967 45500 162 0.36
Ourém 0 13 42787 14224 152 1.07
Matosinhos 0 4 150626 59294 149 0.25
Santa Maria da Feira 1 21 119976 42510 131 0.31
Coimbra 2 18 108984 39893 128 0.32
Vila Franca de Xira 0 6 110435 41947 125 0.3
Viseu 0 25 96255 30229 123 0.41
Vila Nova de Famalicão 0 34 118544 47301 122 0.26
Torres Vedras 0 13 67018 23498 115 0.49
Santa Cruz (Madeira) 0 5 37690 13202 102 0.77
Viana do Castelo 0 27 86302 29065 102 0.35
Valongo 0 4 81402 30355 102 0.34
Mafra 0 11 60634 21395 101 0.47
Maia 1 10 78606 30941 101 0.33
Penafiel 0 28 62535 23698 97 0.41
Paredes 0 18 72459 26791 87 0.32
Setúbal 1 5 68909 22418 81 0.36
Aveiro 0 10 70342 23740 81 0.34
Arouca 0 16 20787 6646 70 1.05
Castelo Branco 0 19 50964 17804 70 0.39
Moita 0 4 58952 20678 69 0.33
Alcobaça 0 13 49162 17262 68 0.39
Oliveira de Azeméis 0 12 61078 21737 66 0.3
Câmara de Lobos (Madeira) 0 5 32428 10733 61 0.57
Alenquer 0 11 34475 13149 61 0.46
Portimão 0 3 46608 14081 61 0.43
Caldas da Rainha 0 12 45557 14768 61 0.41
Faro 0 4 55952 17198 59 0.34
Sesimbra 0 3 41695 13065 56 0.43
Póvoa de Varzim 0 7 60193 17482 56 0.32
Santarém 0 18 53126 18719 56 0.3
Santo Tirso 0 14 64186 23995 55 0.23
Covilhã 0 21 48386 16207 54 0.33
Felgueiras 0 20 51786 17291 54 0.31



TOP DE %PPV POR FREGUESIAS / CONSULADOS

Freguesia / Consulado inscritos votantes PPV % PPV
Adão 349 137 12 8.76
Constantim e Vale de Nogueiras 1977 734 42 5.72
Avelal 441 158 8 5.06
Abambres 394 120 5 4.17
Uruguai 610 29 1 3.45
Montevideu 610 29 1 3.45
Desejosa 153 61 2 3.28
Vales 370 95 3 3.16
Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde 26047 12504 378 3.02
Avantos e Romeu 472 136 4 2.94
Matas e Cercal 1831 753 22 2.92
Folgosa 453 141 4 2.84
Fátima 9627 3501 98 2.8
Vale de Azares 452 145 4 2.76
Rebolosa 277 109 3 2.75
Abação e Gémeos 2348 896 24 2.68
Vale de Gouvinhas 425 112 3 2.68
São Paio 927 188 5 2.66
Covelo de Paivó e Janarde 252 79 2 2.53
Castelo 331 80 2 2.5
Provesende, Gouvães Douro, S.Cristóvão Douro 597 208 5 2.4
João Antão 183 86 2 2.33
Cótimos 206 44 1 2.27
New York 964 44 1 2.27
Santo Estêvão 652 136 3 2.21
Nossa Senhora da Conceição, São Pedro e São Dinis 15490 5855 129 2.2



TOP DE VOTAÇÃO PPV POR FREGUESIA (+50 votos)
Freguesia inscritos votantes PPV % PPV
Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde 26047 12504 378 3.02
Cascais e Estoril 57060 19172 200 1.04
Oeiras e S.Julião da Barra, Paço de Arcos e Caxias 51362 20854 174 0.83
Nossa Senhora da Conceição, São Pedro e São Dinis 15490 5855 129 2.2
Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada-Dafundo 41701 17790 110 0.62
Lumiar 37703 16124 109 0.68
Queluz e Belas 42492 14151 103 0.73
Fátima 9627 3501 98 2.8
São Domingos de Benfica 29892 13798 95 0.69
Carcavelos e Parede 38384 15604 86 0.55
Algueirão-Mem Martins 52494 16090 82 0.51
Avenidas Novas 21482 9809 81 0.83
São Domingos de Rana 45860 15901 79 0.5
Olivais 31933 13406 77 0.57
Alvalade 29959 13395 75 0.56
Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires 37900 13345 75 0.56
Corroios 40809 14835 72 0.49
S.Maria, S.Miguel, S.Martinho, S.Pedro Penaferrim 23803 9065 71 0.78
Odivelas 51232 18591 69 0.37
Estrela 17844 7780 68 0.87
Amora 41589 14129 67 0.47
Belém 14711 6797 64 0.94
Alcabideche 32699 10303 64 0.62
Rio de Mouro 37704 11981 61 0.51
Mina de Água 34969 12351 61 0.49
Agualva e Mira-Sintra 34787 11393 60 0.53
Areeiro 20177 8576 59 0.69
Ramalde 33032 13540 59 0.44
Leiria, Pousos, Barreira e Cortes 27484 9966 58 0.58
Benfica 34252 14931 57 0.38
Gondomar (São Cosme), Valbom e Jovim 41505 16040 56 0.35
Caniço 19283 6883 55 0.8
Castelo Branco 30654 10205 55 0.54
Cedofeita,Ildefonso,Sé,Miragaia,Nicolau,Vitória 39793 15339 55 0.36
Santo António dos Olivais 35295 14772 54 0.37
Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas 46591 18949 54 0.28
São Martinho 24967 8214 53 0.65
Santo António 24807 8985 53 0.59
Arroios 29433 11206 53 0.47
Charneca de Caparica e Sobreda 35224 13269 53 0.4
Cacém e São Marcos 29415 8914 52 0.58
Portimão 38680 11419 51 0.45
Encosta do Sol 23128 8253 50 0.61
Marvila 35405 11591 50 0.43
Setúbal (São Sebastião) 44332 13036 50 0.38
Mafamude e Vilar do Paraíso 45728 17498 50 0.29


quarta-feira, 30 de Abril de 2014

Entrevista do cabeça de lista do Portugal pro Vida, Dr. Acácio Valente na TSF. 
Conheça as nossas ideias e propostas para as eleições ao Parlamento Europeu e terá uma bela surpresa. 
Apenas 7'30"


3836534

O Dr. Acácio Valente poderá ser contactado directamente através do Tm. 918 619 967
http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=

domingo, 27 de Abril de 2014

Convenção Nacional Ordinária do P.P.V. - 10 de Maio, pelas 15h30, em Guimarães

Ex.mºs filiados no PPV

Convoco uma Convenção Nacional Ordinária do P.P.V. para o dia 10 de Maio pelas 15h30, no 2º piso do restaurante Nicolino, R. Rainha D. Maria II, nº 99, no centro histórico de Guimarães - com a seguinte ordem de trabalhos:


1. discussão e aprovação do relatório e contas do ano anterior;
2. eleições europeias 2014
3. Outros assuntos

com as melhores saudações pro-Vida,
Luís Botelho Ribeiro, Presidente da Mesa da Convenção Nacional

nota: Findos trabalhos, realizar-se-á um jantar-convívio, aberto à imprensa, com marcação obrigatória pelo número 91.470.6010 (apoio LOFT).

sábado, 26 de Abril de 2014

MAPA-CALENDÁRIO - Eleição Parlamento Europeu 2014


Merece consulta no site oficial da Comissão Nacional de Eleições o mapa-calendário das operações eleitorais relativo à eleição do Parlamento Europeu - de 25 de maio de 2014.

De especial importância, nos 40 anos do 25 de Abril, a salvaguarda do pluralismo democrático no acesso de todos os partidos aos meios de comunicação social e a todas as iniciativas e debates organizados por quaisquer entidades públicas ou privadas, desde 21 de MARÇO:


quinta-feira, 3 de Abril de 2014

ELEIÇÕES PARA O PARLAMENTO EUROPEU 2014

1. Há uma agenda europeia anti-famílias, anti-natalidade, anti-juventude, pro-gay, pro-"ideologia de género": quem a quiser apoiar ou DESISTIR que vote PS/PSD/CDS-PP/BE/PCP; quem lhe quiser RESISTIR que vote PPV. Quem apoia a realização de um novo referendo para reverter a lei do aborto em Portugal - só tem uma opção; o Portugal pro Vida, agora ligado a uma rede europeia de movimentos pro-família que, se os eleitores quiserem, poderá começar a mudar as coisas a favor "das famílias que com sacrifício próprio asseguram o futuro de Portugal... e da Europa". Tudo isto no quadro da Declaração pro-Vida de Lisboa - "Acreditamos que, para proteger o direito à vida de forma apropriada, tem de ser reconhecido sem excepções ou compromissos, nas nossas respetivas leis e constituições, cada ser humano em cada fase de desenvolvimento como uma pessoa com direito à sua própria vida e desenvolvimento" já subscrita por mais de 30 organizações de 23 países. (cf. http://daconcepcaoamortenatural.blogspot.pt/2012/05/pro-life-declaration-of-lisboa.html).

2. Se um austríaco pode votar aos 16 anos, porque não há-de poder votar um português? Quem tem medo do voto jovem? No PPV votam todos os filiados, independentemente da idade!!! E, afinal de contas, para muitos jovens portugueses parece que a única posição política que o sistema lhes permite é... emigrar. (cf. http://en.wikipedia.org/wiki/Elections_to_the_European_Parliament ; http://en.wikipedia.org/wiki/Voting_age)


3. CORRUPÇÃO / LOBIS POLÍTICOS / FEDERALISMO EUROPEU - em toda a Europa está montado um sistema que tende a afastar os cidadãos cada vez mais das decisões e do poder real; no PPV e noutros movimentos de VALORES verdadeiramento humanos que estão a surgir por toda a Europa, existe uma preocupação de devolver prioridade à participação política de todos, a par da transparência de processos de decisão e financiamento: que partidos se disponibilizam a publicitar as respectivas contas de campanha, designadamente abrindo ao escrutínio público as suas listas de doadores para a campanha e montantes doados em numerário ou em espécie... como fez e fará o PPV? Que outro movimento convida os seus candidatos a prescindir dos 30 dias de dispensa de serviço profissional, mantendo o seu compromisso e contributo para a recuperação nacional? Que outro movimento ou partido promove uma ampla campanha nacional de iniciação de jovens à participação por dentro na vida democrática, convidando jovens - inclusivé independentes - a representá-lo nas mesas de voto, baseado numa simples relação de confiança em valores partilhados? (cf. in http://www.peticaopublica.com/pview.aspx?pi=P2011N6662 )


4. Qual o movimento que, nos últimos 17 anos, e mais intensamente a partir do segundo "referendo ao aborto" se tem vindo a desdobrar em acções tendentes a combater o projecto político trans-paridário que nos tem precipitado neste "Inverno Demográfico", culminando com a oficialização terrivelmente trabalhosa deste nosso PPV? Vão agora os cristãos e todos quantos votaram contra o aborto, estão contra a eutanásia, contra o casamento gay e contra a adopção gay... votar nos partidos que admitem no seu seio o apoio a estas políticas destruidoras da nossa sociedade, com elevadíssimo e já evidente impacto na vida e no bolso das pessoas? Do PCP ao CDS todos estes partidos têm graves responsabilidades no estado a ue se chegou e não podem continuar a merecer a confiança e o voto os cidadãos.

É tempo de limpar a política da decadência em que está mergulhada.

É tempo de pedir também aos líderes religiosos que considerem e se pronunciem em concreto sobre os diferentes projectos de sociedade que os partidos pretendem realizar. Os cristãos precisam dessa Luz e Conselho. Negar-lha será falta de Caridade e Misericórdia, senão mesmo pecado de omissão.

É tempo de os portugueses votarem em quem diz e pensa como os portugueses sentem e pensam a sua própria vida e a dos seus filhos.

É tempo de votar Portugal, é tempo de votar Vida, é tempo de votar PPV - Portugal pro Vida!

Luis Botelho

quinta-feira, 20 de Março de 2014

Fernando Castro

https://www.facebook.com/fernando.castro.7399Faleceu hoje o nosso grande amigo e inspirador, Fernando Ribeiro e Castro - fundador da APFN, grande activista pro Vida / Família, apaixonado homem do mar e exemplar pai de família.
Rezemos pela sua Alma, inclinemo-nos perante a sua memória e exemplo e testemunhemos à sua família - especialmente à sua amada Leonor e aos seus filhos e netos - o amor fraterno que em todos nós semeou ao longo de anos.

O Fernando Castro foi também um amigo e um Pai para todo este povo pro-Vida e pro-Família que hoje se vê órfão, mas com a certeza de que o Fernando Castro foi para o Pai interceder pela Causa que sempre animou e inspirou.

A nossa sentida e emocionada Homenagem.

quinta-feira, 13 de Março de 2014

in memoriam D. José Policarpo


Bênção de Finalistas
Saudação ao Senhor Cardeal Patriarca


Lisboa, 17 de Maio de 2003


Senhor Patriarca,

É com grande honra e particular satisfação que os Finalistas das Escolas Superiores de Lisboa o saúdam e agradecem a vossa presença para presidir a esta Celebração, que tanta  importância tem para nós.

Damos-lhe, pois, as nossas mais cordiais e afectuosas boas vindas.

Somos cerca de 7.000! Animados com o final de uma das etapas da nossa vida, que esperamos há 4, 5 ou 6 anos, com esta festa que marca a transição para o Mundo do Trabalho, com o lema: ”Uma Mudança, um Desafio, uma Cultura de Paz”. Que bom estarmos aqui!

Animados pela Fé e querendo que Deus também tome lugar na fase final do nosso curso, viemos aqui para louvar, rezar, agradecer e bendizer a Deus, por mais uma meta que alcançámos com a Sua Graça e com o nosso esforço e dedicação.

Muito crescemos neste tempo e neste espaço. Cruzámo-nos com muita gente, tocámos muitas vidas e deixámos que tocassem a nossa.

Não é por acaso que esta Celebração ocorre no Tempo Pascal, vivendo a alegria da Ressurreição de Cristo. Ninguém melhor do que Maria nos pode conduzir a este Mistério. A Ela, a Sede da Sabedoria, é dedicado este Ano do Rosário e o mês em que nos encontramos. À Mãe de Deus pedimos a Sua intercessão, para que cada um de nós saiba ser na sua vida profissional um digno discípulo do Seu Filho e um bom servidor dos seus Irmãos.

Tantas pessoas a quem agradecer estes anos inesquecíveis... A começar pelos nossos Pais; os nossos Professores; Funcionários; e tantos Colegas de que muitos ficámos amigos para a Vida.

Daqui a alguns meses tudo será diferente. Seremos as mesmas pessoas mas com uma nova função na Sociedade, outras obrigações e outras responsabilidades. Novas caras. Novo ambiente onde poderemos marcar a diferença com o nosso testemunho.

E para além do trabalho, decerto, outros desafios.

E a pergunta que se espera: Que poderemos fazer, como deveremos agir? Bastará sermos bons profissionais? Bastará seguir os Valores Éticos, a Verdade e a Justiça, como já o fazia aquele jovem que interpelou Cristo, quando se aproximou e Lhe disse: «Bom Mestre, que devo fazer para obter a vida eterna?»?

Senhor Patriarca: que respostas tem para nos dar quando nos vacilar a Fé, a Esperança e a Caridade? Quando não soubermos onde está o Caminho, a Verdade e a Vida? Porventura, agora, alguns de nós se questionam neste sentido... ou talvez mais tarde, nalgum momento das nossas vidas, essa dúvida nos possa afligir...

Congratulamo-nos também com o vosso Jubileu Episcopal que celebra este ano. Desejamos-lhe as maiores Felicidades! Queremos que saiba que nunca faltarão as nossas orações e gratidão.

Conte com os nosso talentos para construir a Civilização do Amor e da Paz. Como assinala o Papa João XXIII, a Paz funda-se em quatro pilares: a verdade, a justiça, o amor e a liberdade. E requer, também, que se respeitem sempre, em qualquer circunstância e sem excepção alguma, a vida e dignidade de todos os Seres Humanos desde o momento da concepção até à morte natural. Estamos certos de poder contar sempre com o Senhor Patriarca, principal figura da Igreja de Lisboa, que quotidianamente se entrega- como o Bom Pastor- com o seu exemplo, a sua vida e a sua palavra. Como representante de Cristo é viva presença de Deus, do seu perdão e misericórdia. Orgulhamo-nos de o ter como Bispo da nossa Diocese!

Senhor D. José: Queremos ser úteis, deixar rasto, obra feita, fazer a diferença e santificarmo-nos com o nosso trabalho que nos realiza, que serve a Deus e ao Próximo.

Recordaremos com saudade este dia e este gesto com o significado que sabemos vivamente apreciar.

Fecha-se a porta da Universidade e conclui-se uma etapa de formação. Mas esta porta que se fecha, deixa ainda mais escancarada a Porta Viva que é Cristo para Quem avançamos levando as palavras do Santo Padre, como lema: "Não tenhais medo de ser santos, esta é a liberdade com que Deus vos libertou."

Rodrigo Faria de Castro

Parabéns, Papa Francisco


O PPV saúda alegremente o Papa Francisco no primeiro aniversário do início do seu pontificado (13 Fev.) e reitera a sua disponibilidade solidária para lutar no terreno da política nacional e europeia pela dignificação do Homem e da Família, tal como a entende a doutrina social da Igreja.

terça-feira, 21 de Janeiro de 2014

Mensagem da nova RG (responsável-geral) Joana da Câmara Pereira


Tomar, 19 de Janeiro de 2014

Amigos
da causa da vida.

Hoje tomei posse como nova Responsável-Geral do PPV, Portugal Pro Vida.
Quero agradecer aos filiados a confiança que depositaram no nosso projecto e espero estar à altura desta grande responsabilidade.

Temos nos próximos 4 anos um trabalho muito difícil pela frente. A agenda dos inimigos da vida e das famílias está por todo o lado. Na Assembleia da República, no Governo, no Parlamento Europeu, na Comissão Europeia, na Comunicação Social e nos movimentos cívicos. As pessoas andam confusas e muito mal informadas.

Por tudo isto, apelo à vossa participação, para colaborar com a DPN (Direcção Política Nacional) do PPV. É importante que todos encontrem uma forma de o fazer dentro das áreas que melhor conhecem.

Elaborem um texto ou artigo, uma proposta política ou de propaganda das nossas ideias e tragam novos filiados e simpatizantes para podermos aumentar a nossa capacidade de intervenção política e social. Tudo será analisado pela DPN e desde já prometo dar seguimento aos vossos trabalhos. Temos um programa que foi validado nestas eleições, mas tal só será possível com a vossa colaboração uma vez que o PPV precisa da união de todos os membros e filiados para levar os objectivos a bom porto.

Agradeço que todos os meses os filiados apresentem os seus trabalhos, para rapidamente podermos crescer e ter mais força nos combates que temos em mãos. Só assim teremos documentação e informações úteis e actualizadas sobre uma grande variedade de assuntos. Coragem!

Este é o momento e o método de trabalho que a nova DPN do PPV propõe, e agradecemos a vossa confiança em nós. É para o PPV um motivo de grande alegria contarmos consigo que acredita no nosso trabalho para mudar o curso das políticas em Portugal.
Juntos para servirmos Portugal e os portugueses!

Abraço pela vida,
Joana Câmara Pereira
Responsável-Geral do PPV, Portugal Pro Vida


-------------------------------
Por favor indiquem que assuntos preferem tratar.
Proposta de assuntos a abordar pelos filiados:
1-Vida e Família
2-Saúde
3-Justiça
4-Segurança Social (desemprego, pensões, reformas, entre outros)
5-Educação
6-Segurança (forças policiais e forças armadas)
7-Política
8-Ambiente
9-Agricultura e Mar
10- Outros à escolha.

-------------------------------
Resumo do programa da nova DPN para os próximos 4 anos:
1-Reforçar a coesão interna e participação dos filiados do PPV
a. - Distribuição de funções a todos os filiados
b. - Informação regular das nossas acções e projectos

2- Recrutar novos filiados para aprofundar a nossa capacidade de combate e alargar o âmbitodas nossas acções.
a. - Propomo-nos duplicar o número de filiados todos os anos, apelando desde já àparticipação de todos.

3- Informar e esclarecer os portugueses, sobre os temas da agenda dos movimentos e partidosque tentam destruir Portugal através:
a. - Comunicação por E-mail
b. - Através do Blog do PPV
c. - Através das redes sociais
d. - Produção de informação vídeo em português.

4- Lutar contra o aborto de forma a conseguir acabar com este crime nos próximos 4 anos.
a. - Continuar a apoiar a CNPRV (Comissão Nacional Pro Referendo Vida) na recolha de assinaturas.
b. - Cooperar com a FPPV. (Federação Portuguesa pela Vida) criando uma relação institucional de mútuo respeito e suporte. - Cooperar com todos os movimentos Pró Vida e Pró Família da sociedade portuguesa, de forma estreita e empenhada.
c. - Cooperar com todas as autoridades religiosas que defendem a vida, a família e os valores tradicionais da nossa cultura de forma clara. Destacamos o apoio dado à Igreja Católica através de consulta e informação regular.
d. - Cooperar com organizações e movimentos Pró Vida e Pró Família de todo o mundo, particularmente do espaço lusófono.

5- Lutar contra a co-adopção e adopção por pares homossexuais evitando a implementação de leis destruidoras da instituição familiar.
a. – Apresentar junto dos governos, deputados e sociedade civil documentos fundamentando as nossas posições.
b. Cooperar com todas as autoridades religiosas que defendem a vida, a família e os valores tradicionais da nossa cultura de forma clara. Especial destaque será dado à Igreja Católica através de consulta e informação regular.
c. - Cooperar com organizações e movimentos Pro Vida e Pro Família de todo o mundo, particularmente do espaço lusófono.
d. - Executar e participar em acções públicas de esclarecimento ou de contestação.

6- Lutar pela justiça social apresentando propostas junto dos governos, deputados e sociedade-civil, e sempre que possamos e seja oportuno, intervir em acções públicas.

7- Lutar por um desenvolvimento humano, social e económico do país através de propostas concretas a apresentar aos governos, deputados e sociedade civil.

8- Defender Portugal e os portugueses junto do Parlamento Europeu e da Comissão Europeia através da apresentação das nossas propostas políticas.